Quem é pior para balança? Açúcar ou Gordura?

Entenda quem é o maior vilão da balança e também de sua saúde.

Postado em 15/04/2018.

Caso você já tenha realizado algum tipo de dieta, saiba que dentre diversas dietas, existem pelo menos duas vertentes de restrição alimentar, as dietas de gordura zero, e as dietas de carboidrato zero. Qual delas seria a mais eficaz para a saúde? E qual serviria de verdadeira vilã?

Para resolver esta situação, os famosos irmãos gêmeos idênticos que possuem programas de tv que tiram estas e outras dúvidas, Alexander e Chris Van Tulleken acabaram participando de um desafio, que enquanto o primeiro ficaria 1 mês com um regime com alto teor de gordura, e o outro teria ao menos 30 dias para se alimentar somente de pães, massas e também de doces.

No período de restrição alimentar, eles seriam avaliados para descobrir como o organismo deles reagem á uma overdose de açúcar e de gordura. Ambos possuem semelhanças genéticas e físicas, e por isso a experiência se tornou algo bastante fiel.

Quem é pior para balança? Açúcar ou Gordura?

Os resultados foram divulgados em rede de televisão britânica

Os resultados do teste realizado pelos irmãos fez parte do documentário chamado Sugar v Fat, criado e produzido pela BBC, e qual deles você acha que se deu melhor?

Na situação o resultado foi bastante surpreendente, já que o irmão que consumia uma dieta a base de gordura acabou perdendo em torno de cinco quilos, já o outro irmão perdeu pouco peso apenas 1,5 quilos. Apesar do ponteiro diminuir para ambos, os dois apontaram efeitos devastadores para a saúde.

Alexander, que se alimentou de carnes, peixes, ovos e queijos, apontou que se cansou muito rapidamente, e perdia o fôlego em atividades físicas realizadas. Seu irmão, Chris, que acabou cortando as gorduras, relatou que nunca se sentia satisfeito, e de forma frequente se via beliscando alguma coisa para comer.

De forma geral Chris que se alimentava de gordura teve um melhor desempenho do que Alexander, este que demonstrou cansaço ininterrupto, além de dificuldade de concentração e dores de cabeças que surgiam de forma frequente.

Mesmo após perder peso, Alexander apontou que tudo ficou difícil

Apesar de ter perdido mais peso, é fato que Alexander contou que tudo foi mais difícil para ele. Sem um consumo frequente de carboidratos, ele apontou que parte da energia que ele precisava todos os dias vinha de proteínas, e não apenas de refeições, quanto dos músculos, um dos motivos que explicaram o seu cansaço frequente.

Os exames de Chris acabaram apontando uma perda de menos peso, mostrando um aumento de níveis de açúcar, que em longo prazo poderia gerar problemas sérios de saúde. Diversos exames de sangue realizados ao final da experiência apontaram prejuízos em ambas as situações para os indivíduos.

Foi possível constatar que ambas as dietas foram péssimas, e o irmão que removeu carboidratos da dieta, e podia consumir carnes, peixes, ovos e queijo, fez com que ficasse com intestino preso, e apesar de nunca estar com fome, se sentia lento e cansado, além do hálito ficar péssimo.

Por isso é fundamental que tenhamos equilíbrio em nossa alimentação, já que especialistas apontam o risco de uma dieta focada apenas em gordura, onde seu corpo fica fraco, você envelhece mais rápido e sua expectativa de vida poderá cair.