5 técnicas para melhorar a resistência durante a corrida

Os cuidados com a respiração, e o ritmo da corrida podem garantir um melhor desempenho da prática esportiva.

Postado em 19/05/2018.

As pernas fortes, e o coração saudável fazem toda a diferença na hora de realizar corridas, mas existem outros fatores importantes que não devem ser deixados de lado, a força existente nos pulmões. Caso você tenha uma capacidade respiratória limitada, o cansaço poderá aparecer mais cedo e a distância que você irá percorrer sem dúvida alguma será menor.

Mesmo que a respiração seja automática, é importante que tenhamos mais atenção ao ela ficar ofegante, já que assim os músculos demandam mais esforço, além disto, é possível melhorar o fôlego e aprimorar o desempenho da corrida. Veja algumas dicas em seguida que podem fazer toda a diferença.

5 técnicas para melhorar a resistência durante a corrida

Procure correr de forma regular

A regularidade de exercícios permite que o corpo se acostume aos poucos ao esforço e consiga com isto progredir. Para quem não costuma praticar atividades físicas, é comum ter menos fôlego já que sua atividade aeróbica é fraca, e por isso a capacidade física será menor.

Reduza a velocidade de corrida

Caso você esteja correndo em um ritmo bastante rápido, além de sua capacidade, seu corpo não irá aguentar. O ritmo ideal para corrida e treino deverá ser com as frequências cardíacas baixas, de forma que todas as funções do organismo venham a entrar em equilíbrio enquanto se pratica a corrida.

Intercale a caminhada

Intercalar a corrida e caminhadas permite uma boa percepção de esforços físicos e um tempo para recuperar o fôlego. Esta situação auxilia na adaptação de condicionamento físioc e desempenho para uma corrida contínua e frequente. Pouco a pouco é possível aumentar o tempo de corrida e diminuir o tempo de caminhada, um profissional de educação física poderá o auxiliar a acompanhar a evolução conforme seu preparo físico.

Procure respirar de forma correta

Se você ficar muito ofegante, a sua respiração deixa de ser automática. Levando isto em conta, é importante controlar os movimentos de entrada e saída de ar para que não fique acelerado demais durante a corrida. É aconselhável que alunos com dificuldade de fôlego possam fazer a respiração marcada por passos, ou seja, em cada três passos, inspire, faça os mesmos três passos expirando, até que isto se torne natural. Evite a respiração apenas com a boca, esta exige um maior esforço e poderá aumentar a sensação de cansaço do organismo.

Procure realizar também outros exercícios

Você pode ter a impressão de que a corrida não é suficiente para melhorar o seu fôlego, por isso vale a pena aliar o treino a outros exercícios que melhoram a capacidade de respiração. Todos os exercícios contribuem para isto, entre eles a natação, o treinamento em circuito, vôlei, futebol, tênis, ciclismo, entre outros exercícios.

Tenha sempre o maior cuidado possível com seus pulmões, o cigarro principalmente é o maior inimigo do fôlego. Os hábitos de fumar diminuem a capacidade respiratória, já que prejudicam os alvéolos pulmonares que absorvem o oxigênio. Por este motivo comece já a melhorar a sua forma de respirar e torne a sua saúde mais plena no dia a dia.